Destaques

Dirk Niepoort

A missão da Niepoort é manter o seu posicionamento de “niche player”, dando continuidade à produção de distintos Vinhos do Porto e Vinhos do Douro, conjugando a tradição secular com a inovação. Ao longo do nosso crescimento, esta conjugação passou a incluir os vinhos de duas outras regiões, que contribuíram para delinear o triângulo Douro – Bairrada – Dão.

Os vértices mais recentes (também) “dão cartas” e ocupam um lugar que a Niepoort considerou importante recuperar, dado o potencial que possuem, aliando a inegável herança do passado vitivinícola de Portugal às possibilidades de inovação. 

A importância que damos à necessidade de interpretar solos, climas e castas tem-nos conduzido pelo caminho da Biodinâmica, num namoro que procura um respeito pelos “humores” da Natureza, ouvindo-a para encontrar o equilíbrio entre biodiversidade e intervenção o menos invasiva possível. Na Biodinâmica, damos especial importância à interrelação entre todas as pessoas envolvidas, numa procura contínua de respeito pelas suas idiossincrasias e valorização do que têm e trazem de melhor para a família Niepoort. 

“Conseguimos fazer melhor?”, questionou-se um dia a Maria Alice, da Quinta de Baixo. Depende. Depende da Niepoort continuar a concretizar sonhos, depende da criação dos processos adequados e de manter a vontade de aprender que nos caracteriza. Mas, sobretudo, a resposta encontra-se no prazer que temos naquilo que fazemos.

Este website guarda dados no seu computador ou telemóvel de formar a melhorar a sua experiência de navegação. Ao navegar neste website está a consentir este procedimento. Mais informação não mostrar esta mensagem novamente