Fabelhaft RoséFabelhaft Rosé

O desejo de criar um Fabelhaft Rosé esteve sempre presente desde o lançamento do Fabelhaft 2002, tinto, e do Fabelhaft 2010, branco. Esta primeira edição de 2013, caracterizada por um ano muito particular em que se vindimou cedo, proporcionou rosés de grande frescura aromática. As uvas provêm de zonas altas da sub-região do Cima Corgo, com o objectivo de se obter um rosé de cor clara, fresco e mineral. O Fabelhaft é um rosé divertido, para celebrar os bons momentos à mesa, com amigos, e perfeito para as tardes de Verão!

Vinificação

A vindima de 2013 começou no dia 19 de Agosto, mais cedo do que o habitual, de forma a salvaguardar os níveis altos de acidez e evitar graus alcoólicos elevados. O ano foi mais produtivo, cerca de 25%, relativamente ao ano anterior. A decisão de começar a vindimar mais cedo, acabou por se revelar acertada, uma vez que as principais vinhas tinham sido já vindimadas antes de começar a chover intensamente, a 27 de Setembro.

A vindima do Fabelhaft Rosé começou no dia 2 de Setembro. As uvas foram transportadas em caixas perfuradas de 23 kg e, depois de uma selecção criteriosa na mesa de escolha, foram encaminhadas por gravidade para lagares de inox onde permaneceram algumas horas. Depois do contacto com a película durante um pequeno período de tempo, a fase líquida fermentou lentamente com as borras finas, durante 7 meses a uma temperatura muito baixa. Este vinho foi engarrafado no dia 1 de Abril de 2014.

Notas de Prova

Cor salmão muito leve e viva, mostra um aroma de fruta silvestre e boas notas florais. Grande intensidade aromática, fresco e elegante. Com um bom volume de boca mas fresco e conduzido por uma boa acidez, torna-se um rosé apetitoso para se beber novo. Final muito elegante, com frutos vermelhos e notas minerais.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Quinta de Nápoles e outras pequenas vinhas velhas

Idade das Cepas

Entre 30 e 60 anos

Castas

30% Tinta Amarela, 20% Touriga Franca e 50% outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot e Royat

Altura do Mar

200-400

Período de Vindima

2 de Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Parcialmente realizada

Fermentação

Inox

Engarrafado

Abril de 2014

Estágio

7 meses em Inox

Extracto Seco (g/dm3)

17.7

Açúcar Residual (g/dm3)

1.1

Álcool (%)

12.5

pH

3.4

Acidez Total (g/dm3)

4.36

Acidez Volátil (g/dm3)

0.36

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

14

SO2 Total (mg/dm3)

50

Massa Volúmica (g/cm3)

0.9886

Sugestão de acompanhamento

Mariscos cozidos ao natural, peixes leves e carnes brancas. Sugestões vegetarianas: pratos com tubérculos (nabo, batata doce, beterraba), salada César e pratos com queijo.

O desejo de criar um Fabelhaft Rosé esteve sempre presente desde o lançamento do Fabelhaft 2002, tinto, e do Fabelhaft 2010, branco. Esta edição de 2014, caracterizada por um ano muito particular em que se vindimou cedo, proporcionou rosés de grande frescura aromática. As uvas provêm de zonas altas da sub-região do Cima Corgo, com o objectivo de se obter um rosé de cor clara, fresco e mineral. O Fabelhaft é um rosé divertido, para celebrar os bons momentos à mesa, com amigos, e perfeito para as tardes de Verão!

Vinificação

O ano vitícola de 2014 na Quinta de Nápoles caracterizou-se como um ano de menor quantidade mas de maior qualidade. Tudo indicava um ano precoce, devido à grande quantidade de água acumulada durante o Inverno e Primavera. A fase de maturação ocorreu precocemente e permitiu um começo de vindima em Agosto.

Na Quinta de Nápoles vindimou-se a maioria das parcelas durante um período de bom tempo que se deu entre o dia 23 de Agosto e o dia 21 de Setembro.

A vindima da parcela que origina o Fabelhaft Rosé 2014 começou no dia 5 de Setembro. As uvas são provenientes de vinhas com cerca de 30 anos. Todas as uvas passaram por uma selecção criteriosa na mesa de escolha e foram encaminhadas por gravidade para lagares de inox, onde permaneceram algumas horas. Depois do contacto com a película durante um pequeno período de tempo, a fase líquida fermentou lentamente com as borras finas, durante 7 meses, a uma temperatura muito baixa. Este vinho foi engarrafado no dia 5 de Março de 2015.

Notas de Prova

De cor salmão muito leve e viva, mostra um aroma de frutos vermelhos e silvestres. Muito jovem no aroma, com perfil fresco e elegante. Sendo um rosé apetitoso para se beber novo, mostra-se muito vibrante e intenso no palato. É perfeito para aperitivo, bem como para pratos leves. Final muito elegante, com frutos vermelhos e notas minerais.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Quinta de Nápoles e outras pequenas vinhas velhas

Idade das Cepas

Entre 30 e 60 anos

Castas

30% Tinta Amarela, 20% Touriga Franca e 50% outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot e Royat

Altura do Mar

200-400

Período de Vindima

Início de Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Não realizada

Fermentação

Inox

Engarrafado

Março de 2015

Estágio

7 meses em Inox

Extracto Seco (g/dm3)

18

Açúcar Residual (g/dm3)

1.1

Álcool (%)

12.5

pH

3.37

Acidez Total (g/dm3)

5.06

Acidez Volátil (g/dm3)

0.37

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

36

SO2 Total (mg/dm3)

80

Massa Volúmica (g/cm3)

0.9888

Sugestão de acompanhamento

Mariscos cozidos ao natural, peixes leves e carnes brancas. Sugestões vegetarianas: pratos com tubérculos (nabo, batata doce, beterraba), salada César e pratos com queijo.

O desejo de criar um Fabelhaft Rosé esteve sempre presente desde o lançamento do Fabelhaft tinto 2002 e do branco 2010. As uvas são provenientes de vinhas com 30 anos localizadas em zonas altas do Cima Corgo, de modo a obter-se um Rosé de cor clara, fresco e mineral. O Fabelhaft é um rosé divertido, perfeito para partilhar com amigos nas tardes quentes de Verão!

Vinificação

As condições climáticas do ano vitícola 2015 foram favoráveis, com sol, calor e pouca humidade, permitindo um crescimento vegetativo homogéneo. Uma das particularidades deste ano vitícola foi a capacidade da vinha em manter-se hidratada durante a maturação. Em finais de Agosto, início de Setembro, as folhas basais mantinham-se verdes e húmidas, com os bagos hidratados e uma película grossa e firme. O equilíbrio dos mostos, a suavidade dos taninos e a intensidade de cor indicam que estamos perante um ano excepcional para Vinhos Doc Douro.

As uvas passaram por uma selecção criteriosa na mesa de escolha e foram encaminhadas por gravidade para lagares de inox, onde permaneceram algumas horas. Depois do contacto com a película durante um pequeno período de tempo, a fase líquida fermentou lentamente com as borras finas, durante 7 meses, a temperatura baixa. Foi engarrafado em Maio de 2016.

Notas de Prova

De cor salmão muito leve e viva, mostra um aroma delicado de flores, frutos vermelhos e frutos silvestres. É um Rosé com perfil fresco e elegante para se beber novo. No palato mostra-se muito vibrante e intenso. É perfeito para aperitivo ou para refeições mais ligeiras. Final de boca leve e refrescante.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Quinta de Nápoles e outras pequenas vinhas velhas

Idade das Cepas

30-60 anos

Castas

30% Tinta Amarela, 20% Touriga Franca e 50% outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot e Royat

Altura do Mar

200-400

Período de Vindima

Início de Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Parcialmente realizada

Fermentação

Inox

Engarrafado

Maio 2016

Estágio

7 meses em Inox

Álcool (%)

12

Sugestão de acompanhamento

Mariscos cozidos ao natural, peixes leves e carnes brancas. Sugestões vegetarianas: pratos com tubérculos (nabo, batata doce, beterraba), salada César e pratos com queijo.

O desejo de criar um Fabelhaft Rosé esteve sempre presente desde o lançamento do Fabelhaft tinto 2002 e do branco 2010. As uvas são provenientes de vinhas com 30 anos localizadas em zonas altas do Cima Corgo, de modo a obter-se um Rosé de cor clara, fresco e mineral. O Fabelhaft é um rosé divertido, perfeito para partilhar com amigos nas tardes quentes de Verão!

Vinificação

O ano de 2018 foi um ano fresco até Agosto, com o Julho mais fresco da história do sec. XXI. A maturação da videira apresentava um atraso de cerca de 3 semanas face ao ano de 2017. Nos primeiros dias de Agosto verificou-se uma forte subida de temperatura: 4 de Agosto foi o dia mais quente do século XXI (até à data), tendo a maturação das uvas prosseguido lentamente durante o mês de Setembro. Devido ao stress hídrico imposto, as plantas originaram mostos com pouca graduação alcoólica e boa maturação fenólica, com bastante complexidade e mineralidade.

As uvas do foram vindimadas entre os dias 15 e 25 de Setembro.

Notas de Prova

De tonalidade salmão muito ligeira, mostra um perfil aromático muito atlântico, lembrando maresia. Floral e com alguma fruta vermelha, é um Rosé com perfil fresco e elegante para se beber novo. No palato mostra-se muito vibrante e com boa acidez. É perfeito para aperitivo ou para refeições mais ligeiras. Final de boca leve e refrescante.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (vinhos) S.A

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Quinta de Nápoles e outras pequenas vinhas velhas

Idade das Cepas

30 a 60 anos

Castas

Tinta Amarela, Touriga Franca e outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot e Royat

Altura do Mar

200-400

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Sim

Fermentação

Em Cubas de Inox

Engarrafado

Março 2019

Estágio

6 meses em cuba de inox

Extracto Seco (g/dm3)

18.5

Açúcar Residual (g/dm3)

1.2

Álcool (%)

13.8

pH

3.46

Acidez Total (g/dm3)

4.8

Acidez Volátil (g/dm3)

0.5

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

19

SO2 Total (mg/dm3)

105

Massa Volúmica (g/cm3)

0.98

Produção

4600 garrafas

Alergénios

Sulfitos

Sugestão de acompanhamento

Ostras, peixe no forno, aves e carnes brancas. Sugestões vegetarianas: pratos com tubérculos (nabo, batata doce, beterraba), salada César, pratos com queijo.

Garrafa

Caixa

31 16 × 6 7400 cardboard

Palette

120 80 × 4 Fiadas 100 Caixas

O desejo de criar um Fabelhaft Rosé esteve sempre presente desde o lançamento do Fabelhaft tinto 2002 e do branco 2010. As uvas são provenientes de vinhas com 30 anos localizadas em zonas altas do Cima Corgo, de modo a obter-se um Rosé de cor clara, fresco e mineral. O Fabelhaft é um rosé divertido, perfeito para partilhar com amigos nas tardes quentes de Verão!

Vinificação

O ano de 2018 foi um ano fresco até Agosto, com o Julho mais fresco da história do sec. XXI. A maturação da videira apresentava um atraso de cerca de 3 semanas face ao ano de 2017. Nos primeiros dias de Agosto verificou-se uma forte subida de temperatura: 4 de Agosto foi o dia mais quente do século XXI (até à data), tendo a maturação das uvas prosseguido lentamente durante o mês de Setembro. Devido ao stress hídrico imposto, as plantas originaram mostos com pouca graduação alcoólica e boa maturação fenólica, com bastante complexidade e mineralidade.

As uvas do foram vindimadas entre os dias 15 e 25 de Setembro.

Notas de Prova

De tonalidade salmão muito ligeira, mostra um perfil aromático muito atlântico, lembrando maresia. Floral e com alguma fruta vermelha, é um Rosé com perfil fresco e elegante para se beber novo. No palato mostra-se muito vibrante e com boa acidez. É perfeito para aperitivo ou para refeições mais ligeiras. Final de boca leve e refrescante.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos)S.A

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Quinta de Nápoles e outras pequenas vinhas velhas

Idade das Cepas

30 a 60 anos

Castas

Tinta Amarela, Touriga Franca e outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot e Royat

Altura do Mar

200-400

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Sim

Fermentação

Em Cubas de Inox

Engarrafado

Abril 2020

Estágio

6 meses em cuba de inox

Extracto Seco (g/dm3)

19

Açúcar Residual (g/dm3)

2

Álcool (%)

12.7

pH

3.35

Acidez Total (g/dm3)

5.1

Acidez Volátil (g/dm3)

0.4

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

25

SO2 Total (mg/dm3)

83

Massa Volúmica (g/cm3)

0.989

Produção

10 000 Garrafas

Alergénios

Sulfitos

Sugestão de acompanhamento

Ostras, peixe no forno, aves e carnes brancas. Sugestões vegetarianas: pratos com tubérculos (nabo, batata doce, beterraba), salada César, pratos com queijo.

Apto para Veganos

sim

Garrafa

Caixa

31 16 23 × 6 7400 cardboard

Palette

120 80 × 4 Fiadas 100 Caixas