OmLetOmLet

OmLet é o primeiro vinho produzido em Portugal por Telmo Rodriguez, um vinho do Douro. Em 2004, foi levada a cabo uma pequena experiência, quando Dirk e Telmo tentaram produzir algo verdadeiramente único, experimentando, por exemplo, retirar as hastes dos cachos de uvas à mão. Foi preciso 3 dias, 5 pessoas, e 7 horas por dia para realizar a tarefa que uma máquina realizaria em cerca de 30 minutos. Essa edição de 2004 nunca chegou a ser engarrafada, mas foi com certeza uma lição importante para todos os que estiveram envolvidos na experiência.

O nome do vinho também demorou algum tempo a nascer, mas acabou por prevalecer “OmLet”, que é simplesmente o nome “Telmo” ao contrário.

Vinificação

As uvas para o OmLet 2005 são provenientes de duas vinhas, uma situada a grande altitude e outra a meio caminho da subida a partir da zona de "Covas do Douro". As principais castas são a Touriga Franca e Tinta Roriz, mais todas as outras castas habitualmente presentes nas vinhas velhas, incluindo uma percentagem elevada de Sousão.

O vinho foi produzido com grande cuidado, sem extracções, e permaneceu 15 dias em contacto com as películas, depois do qual passou directamente para barricas novas de carvalho francês (500l), onde envelheceu durante 20 meses.

Notas de Prova

Apresentando ainda alguma madeira, este vinho é delicioso, muito expressivo, fresco e aromático no nariz.

Elegante, com raça e taninos bem definidos no palato. É simplesmente fantástico e verdadeiramente promissor.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) SA

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Covas do Douro

Idade das Cepas

Mais de 70 anos

Castas

Tinta Roriz, Touriga Franca, Souzão e outras

Condução das Vinhas

Duplo Guyot

Altura do Mar

550

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Cascos

Fermentação

Balseiro de fermentação

Engarrafado

Junho 2007

Estágio

20 meses em barricas de carvalho francês

Extracto Seco (g/dm3)

27.9

Álcool (%)

13

pH

3.65

Acidez Total (g/dm3)

4.9

Acidez Volátil (g/dm3)

0.67

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

10

Sugestão de acompanhamento

Carne maronesa, naco de carne, javali.

Telmo Rodrigues é um enólogo e produtor espanhol muito conhecido, com uma vasta experiência de vinificação em diferentes regiões espanholas. Esta é a 2ª edição do OmLet, que conjuga o interesse de Telmo em produzir um vinho em Portugal, em particular no vale do Douro, com a nossa vontade permanente de tentar diversas abordagens em diferentes terroirs. A ideia foi ter presente a técnica de Telmo de fazer vinificações suaves. Para isso, utilizámos uvas provenientes de duas vinhas velhas plantadas no vale de Covas, a elevada altitude, com exposição a nascente.

Vinificação

2007 foi um ano excelente, com uma boa quantidade de precipitação durante todo o período vegetativo, o que proporcionou um período de maturação equilibrado. Com baixa produção, os vinhos apresentaram uma óptima combinação entre concentração e acidez, com uma maturação perfeita dos taninos.

A vindima decorreu na segunda metade de Setembro. Todas as uvas fermentaram sem engaço, em balseiros de fermentação, com uma longa maceração e quase sem extracção. O vinho envelheceu em cubas de madeira usadas de 1300 litros.

Notas de Prova

Cor viva, aroma intenso com frutos vermelhos puros macerados, ameixas pretas e notas de especiarias. O palato apresenta-se muito bem definido, com uma acidez vibrante e uma estrutura tânica bem integrada. A fruta revela-se muito presente, forte mas com uma frescura atraente, muito longa e persistente. Excelente potencial de envelhecimento.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) SA

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Covas do Douro

Idade das Cepas

Mais de 70 anos

Castas

Tinta Roriz, Touriga Franca, Souzão e outras

Condução das Vinhas

Duplo Guyot

Altura do Mar

500

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Cascos

Fermentação

Balseiro de fermentação

Engarrafado

Julho 2009

Estágio

18 meses

Extracto Seco (g/dm3)

28.1

Álcool (%)

13.8

pH

3.6

Acidez Total (g/dm3)

5.27

Acidez Volátil (g/dm3)

0.63

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

22

Produção

2.000 garrafas

Sugestão de acompanhamento

Carne maronesa, naco de carne, javali.

Telmo Rodrigues é um enólogo e produtor espanhol muito conhecido, com uma vasta experiência de vinificação em diferentes regiões espanholas. Esta é a 3ª edição do OmLet, que conjuga o interesse de Telmo em produzir um vinho em Portugal, em particular no vale do Douro, com a nossa vontade permanente de tentar diversas abordagens em diferentes terroirs. A ideia foi ter presente a técnica de Telmo de fazer vinificações suaves. Para isso, utilizámos uvas provenientes de duas vinhas velhas plantadas no vale de Covas, a elevada altitude, com exposição a nascente.

Vinificação

O ano de 2008 foi excelente na região do Douro, as chuvas que ocorreram durante a Primavera e o início do Verão permitiram manter os níveis de humidade no solo até ao momento da vindima. Por outro lado, as baixas produtividades verificadas, resultantes de uma fraca nascença e de uma sofrida floração com elevados teores de humidade, deram origem a mostos muito equilibrados, com boa acidez e teores de açúcar nada excessivos; durante o período de maturação, as noites frias originaram vinhos com um perfil aromático fresco, muito presente. A vindima foi feita na última semana de Setembro. As uvas foram totalmente desengaçadas e fermentadas em balseiro de madeira com uma maceração de cerca de 30 dias e com mínima extracção. O vinho estagiou 18 meses em barricas usadas de 500 e 300l, com o objectivo de manter a pureza da fruta e evitar uma presença demasiado marcada da madeira.

Notas de Prova

Cor carregada e muito viva, com notas de fruta preta e vermelha muito fresca e bem definida. Aromas a pimenta preta e vermelha, com forte presença mineral de aroma a pedra molhada, ligeira nota de folha de tabaco.

Na boca, é muito vivo e elegante, com estrutura muito bem definida e completamente integrada no vinho.

Guloso e sumarento, possui uma acidez refrescante que, conjugada com a concentração típica das vinhas velhas, nos dá um final muito persistente e deixa antever um grande potencial de envelhecimento.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) SA

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Covas do Douro

Idade das Cepas

Mais de 70 anos

Castas

Touriga Franca,Tinta Roriz, Sousão, Alicante Bouschet e outras

Condução das Vinhas

Duplo Guyot

Altura do Mar

500

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Barricas

Fermentação

Balseiro de madeira

Engarrafado

Julho de 2010

Estágio

18 meses em barricas (300 e 500l)

Extracto Seco (g/dm3)

28.1

Álcool (%)

13.5

pH

3.61

Acidez Total (g/dm3)

5.38

Acidez Volátil (g/dm3)

0.77

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

15

Produção

4.863 garrafas

Sugestão de acompanhamento

Carne maronesa, naco de carne, javali.

Telmo Rodrigues é um enólogo e produtor espanhol muito conhecido, com uma vasta experiência de vinificação em diferentes regiões espanholas. O seu grande interesse pela região do Douro aliou-se à nossa vontade de procurar diferentes soluções de vinificação em diferentes terroirs, e desta parceria nasceu o Omlet. Proveniente de vinhas velhas, com mais de 60 anos, plantadas a cotas mais altas e expostas a nascente, que por norma têm maturações mais lentas e equilibradas, tem como castas mais presentes a Touriga Franca e a Tinta Roriz, mas também algum Sousão e Alicante Bouschet. A ideia foi deixar expressar a visão do Telmo relativamente a vinificações sem muita extracção, com o objectivo de obter um vinho sem arestas.

Vinificação

2009 foi um ano muito fresco até princípios de Agosto, com um boa quantidade de água no solo, e a temperatura mais fria do que esperávamos no vale do Douro conduziu a um longo período de maturação. As temperaturas incrivelmente elevadas a partir de 12 de Agosto levaram a uma maturação rápida um pouco por toda a região, sem que qualquer uva murchasse. A vindima teve lugar na segunda semana de Setembro, de forma a evitar um excessivo teor de açúcar nas uvas. A fermentação foi efectuada em balseiro de madeira com desengace total, com um período de maceração de 25 dias, sem extracção. O vinho estagiou durante 18 meses em barricas de carvalho francês (228l) e em tonéis usados (2000l).

Notas de Prova

O Omlet 2009 tem uma cor bastante escura, apresenta aromas de frutos negros, notas balsâmicas e de especiarias (pimenta preta e cravinho), carácter mineral pronunciado, com aromas de terra. Elegante no palato, com muito boa frescura, mas grande concentração típica das vinhas velhas, apresenta uma muito boa estrutura de taninos. Final de boca muito prolongado e complexo. Grande potencial de envelhecimento.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) SA

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Diversas vinhas velhas

Idade das Cepas

60- 80 anos

Castas

Touriga Franca,Tinta Roriz, Sousão, Alicante de Bouschet e outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot

Altura do Mar

500

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Barricas e tonel

Fermentação

Balseiro de madeira

Engarrafado

2011

Estágio

18 meses em barricas (228l) e tonel

Extracto Seco (g/dm3)

27.4

Açúcar Residual (g/dm3)

1.9

Álcool (%)

13

pH

3.63

Acidez Total (g/dm3)

5.08

Acidez Volátil (g/dm3)

0.75

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

1.9

Sugestão de acompanhamento

Carne maronesa, naco de carne, javali.

Telmo Rodriguez é um enólogo e produtor espanhol muito conhecido, com uma vasta experiência de vinificação em diferentes regiões espanholas. O seu grande interesse pela região do Douro aliou-se à nossa vontade de procurar diferentes soluções de vinificação em diferentes terroirs, e desta parceria nasceu o Omlet. Proveniente de vinhas velhas, com mais de 60 anos, plantadas a cotas mais altas e expostas a nascente que, por norma, têm maturações mais lentas e equilibradas. Tem como castas mais presentes a Touriga Franca e a Tinta Roriz, mas também algum Sousão e Alicante Bouschet. A ideia foi deixar expressar a visão do Telmo relativamente a vinificações sem muita extracção, com o objectivo de obter um vinho sem arestas.

Vinificação

As uvas foram vindimadas no dia 17 de Setembro, manualmente, e depois de colhidas, foram transportadas em caixas de 25kg. Durante a recepção na adega, as uvas foram cuidadosamente seleccionadas e encaminhadas por gravidade para uma cuba de inox, onde se realizou a fermentação alcoólica. O período de envelhecimento, assim como a fermentação maloláctica, decorreu em tonel e barricas de carvalho francês de 228 litros durante um período de 22 meses. O vinho foi engarrafado em Agosto de 2012.

Notas de Prova

De cor rubi muito concentrada, o Omlet 2010 mostra um aroma complexo e muito nobre. Notas de fruta silvestre, algum couro e especiarias estão plenamente integradas com o carácter mineral. De recorte clássico, com várias camadas, mostra-se na boca muito concentrado, profundo, com taninos muito sedosos e delicados. Volumoso e estruturado, é equilibrado pela mineralidade, acentuada pelo carácter das vinhas velhas e por uma boa acidez. Final de boca complexo, rico e muito longo. Um vinho de guarda, que beneficiará imenso com o estágio em garrafa.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) SA

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Diversas vinhas velhas

Idade das Cepas

60 - 80 anos

Castas

Touriga Franca,Tinta Roriz, Sousão, Alicante de Bouschet e outras

Densidade por HA

6000

Condução das Vinhas

Guyot

Altura do Mar

500

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Maloláctica

Barricas e tonel

Fermentação

Cuba de inox

Engarrafado

Agosto de 2012

Estágio

22 meses em barricas (228 lts) e tonel

Extracto Seco (g/dm3)

28.4

Açúcar Residual (g/dm3)

2.1

Álcool (%)

13.5

pH

3.61

Acidez Total (g/dm3)

5

Acidez Volátil (g/dm3)

0.7

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

17

SO2 Total (mg/dm3)

58

Massa Volúmica (g/cm3)

0.9915

Sugestão de acompanhamento

Carne maronesa, naco de carne, javali.