Moscatel DócilMoscatel Dócil

O Moscatel Dócil é mais uma das experiências que fazem parte dos Projectos Niepoort. Uma das grandes castas do mundo, numa grande região do mundo. Procurou-se um vinho leve, fresco e jovial, baseado na acidez e na expressão aromática da casta. Desta segunda edição foram engarrafadas 3500 garrafas.

Vinificação

O ano de 2011 caracterizou-se por uma floração muito precoce e todo o ciclo vegetativo foi antecipado com a vindima a iniciar-se mais cedo do que nunca. No entanto, a maturação nas vinhas plantadas a maior altitude foi mais lenta e no final, todos os vinhos apresentavam boas quantidades de ácido málico, o que contribuiu muito para a frescura dos vinhos brancos.

Após o transporte refrigerado e uma criteriosa selecção, as uvas foram encaminhadas por gravidade para um lagar, onde se realizou a maceração pelicular. Durante esta primeira fase, o contacto entre películas e mosto foi essencial para previlegiar os aromas finos e delicados próprios da casta.

A fermentação alcoólica decorreu em cubas inox isotérmicas, na presença de borras finas, a temperatura baixa. A fermentação alcoólica não chegou ao fim, permitindo manter algum açúcar.

Notas de Prova

Com uma cor amarelo pálido, cristalina, quase transparente, o Moscatel Dócil 2011 tem um nariz muito floral misturado com notas de fruta tropical. Na boca, é um vinho fresco, elegante, com muita leveza e delicado. De realçar o seu paladar frutado, onde a doçura enriquece o equilíbrio do conjunto. O final de boca é longo. Um vinho com grande potencial de guarda.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Castas

Moscatel

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Período de Vindima

8 de Setembro

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Inox

Engarrafado

Abril 2012

Estágio

Inox

Açúcar Residual (g/dm3)

58

Álcool (%)

8

pH

3.15

Acidez Total (g/dm3)

5.8

Acidez Volátil (g/dm3)

0.25

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

46

Produção

3.500 garrafas

Sugestão de acompanhamento

Como aperitivo. Pratos de inspiração asiática, tais como tempura ou caril. Pratos vegetarianos. Sobremesas à base de frutos tropicais. No final da refeição.

O Moscatel Dócil (Ron Ron) é 100% da casta Moscatel Galego, uma casta com uma identidade muito própria, caracterizada pelos seus aromas florais e cítricos. Procurámos fazer um vinho leve, fresco e jovial, baseado na acidez e na expressão aromática da casta. Tal como o gato, é dócil mas com uma personalidade única e muito vincada.

Vinificação

A vindima de 2013 começou no dia 19 de Agosto, mais cedo do que o habitual, de forma a manter os níveis altos de acidez e evitar graus alcoólicos elevados. O ano foi mais produtivo, cerca de 25% relativamente ao ano anterior. A decisão de começar a vindima mais cedo acabou por se revelar acertada, uma vez que as principais vinhas tinham sido já vindimadas antes de começar a chover intensamente a 27 de Setembro.

Após o transporte refrigerado e uma selecção criteriosa, as uvas foram encaminhadas por gravidade para um lagar, onde se realizou a maceração pelicular. Durante esta primeira fase, o contacto entre películas e mosto foi essencial para privilegiar os aromas finos e delicados da própria casta.

A fermentação alcoólica decorreu a temperatura baixa em cuba de inox isotérmica, na presença de borras finas. A fermentação alcoólica não chegou ao fim, permitindo manter algum açúcar, equilibrando a alta acidez.

Notas de Prova

Com uma ligeira cor amarela cristalina, quase transparente, o Moscatel Dócil 2013 tem um nariz muito floral misturado com notas de fruta tropical e exóticas. Na boca, é um vinho fresco, mineral, elegante, com muita leveza e delicado. Dado o baixo grau alcoólico e algum açúcar residual, o vinho tem uma excelente harmonia açúcar/acidez inspirado nos vinhos brancos da Alemanha. O final de boca é fresco e muito vibrante, com todo o carácter da casta Moscatel. Para beber novo, mas é muito interessante guardar algumas garrafas em cave. Beber bem fresco (8º/10ºC).

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Castas

Moscatel

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Cuba inox isotérmica

Engarrafado

2 de Julho 2014

Estágio

Cuba inox isotérmica

Açúcar Residual (g/dm3)

35.7

Álcool (%)

9.2

pH

3.3

Acidez Total (g/dm3)

5.3

Acidez Volátil (g/dm3)

0.42

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

25

Produção

3.400 garrafas

Sugestão de acompanhamento

Como aperitivo. Pratos de inspiração asiática, tais como tempura ou caril. Pratos vegetarianos. Sobremesas à base de frutos tropicais. No final da refeição.

O Moscatel Dócil (Ron Ron) é feito 100% com a casta Moscatel Galego, uma casta com uma identidade muito própria, caracterizada pelos seus aromas florais e cítricos. Procurou-se fazer um vinho leve, fresco e jovial, baseado na acidez e na expressão aromática da casta. Dado o baixo grau alcoólico e algum açúcar residual, o vinho tem uma excelente harmonia, inspirado nos vinhos brancos da Alemanha. Tal como o gato, é dócil mas com uma personalidade única e muito vincada.

Vinificação

A colheita de 2014 foi ligeiramente inferior em produção relativamente a 2013, mas acabou por ser compensada pela qualidade. A vindima, começou no início de Setembro, como habitualmente, com o objectivo de se manter os níveis de acidez, equilíbrio e frescura dos vinhos. Tal como no ano anterior, o início precoce evitou a sobre maturação de algumas vinhas mais expostas e a chuva no final do mês.

Após o transporte refrigerado e uma selecção criteriosa, as uvas foram encaminhadas por gravidade para um lagar, onde se realizou a maceração pelicular. Durante esta primeira fase, o contacto entre películas e mosto foi essencial para privilegiar os aromas finos e delicados da própria casta.

A fermentação alcoólica decorreu a temperatura baixa em cuba de inox isotérmica, na presença de borras finas. A fermentação alcoólica não chegou ao fim, permitindo manter algum açúcar e equilibrar a alta acidez.

Notas de Prova

De cor amarela cristalina, o Moscatel Dócil 2014 tem um aroma típico e bem definido da casta Moscatel, com as notas florais em harmonia com as de fruta tropical. É muito fresco e delicado na boca, com um final de boca muito vibrante. Deve ser bebido novo, mas será interessante guardar algumas garrafas em cave. Beber bem fresco (8º/10ºC). Perfeito para aperitivo ou para terminar uma refeição de forma leve e sem pesar.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Castas

Moscatel Galego

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Cuba inox isotérmica

Estágio

Cuba inox isotérmica

Sugestão de acompanhamento

Como aperitivo. Pratos de inspiração asiática, tais como tempura ou caril. Pratos vegetarianos. Sobremesas à base de frutos tropicais. No final da refeição.

O Moscatel Dócil (Ron Ron) é feito 100% com a a casta Moscatel Galego, uma casta com uma identidade muito própria, caracterizada pelos seus aromas florais e cítricos. Procurou-se fazer um vinho leve, fresco e jovial, baseado na acidez e na expressão aromática da casta. Dado o baixo grau alcoólico e algum açúcar residual, o vinho tem uma excelente harmonia, inspirado nos vinhos brancos da Alemanha. Tal como o gato, é dócil, mas com uma personalidade única e muito vincada.

Vinificação

O início do ano vitícola de 2015 caracterizou-se por um Inverno frio e seco, observando-se mesmo níveis mínimos de precipitação nunca antes registados. Em contrapartida, ficou marcado por uma Primavera e um Verão extremamente secos e quentes, situação que só se alterou já em Agosto.

Como resultado dos baixos níveis de humidade registados, houve uma igualmente reduzida taxa de incidência de doenças, dando origem ao aparecimento de bagos magníficos, designadamente pela sua limpidez.

As uvas de Moscatel Galego foram vindimadas no início de 3 de Setembro, obtendo um equilíbrio perfeito entre a sua acidez e o seu nível de maturação.

Transportadas em frio para a Quinta de Nápoles, em Alijó, e após criteriosa seleção, as uvas foram depositadas em lagar, de modo a realizar o processo de maceração cuidado, assim preservando toda a intensidade e delicadeza dos aromas característicos desta casta.

O processo de fermentação alcoólica foi iniciado em cubas de inox , a baixa temperatura, com as borras finas, sendo interrompido com frio, para posterior passagem para cuba isotérmica,mantendo assim um teor equilibrado de açúcar e acidez.

Notas de Prova

De cor amarela cristalina, o Moscatel Dócil 2015 mostra bem o que é: um Moscatel que no aroma evidencia notas florais e de frutos tropicais. Na boca é elegante e fino, com muito boa acidez que lhe confere frescura e prazer na prova com um final de boca muito vibrante e longo. Deve ser bebido fresco (8º/10ºC). Pela acidez pode perfeitamente ser usado como aperitivo e pela doçura pode ser o vinho ideal para terminar uma refeição de forma leve e sem pesar.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Castas

Moscatel Galego

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Período de Vindima

Setembro

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Cuba inox isotérmica

Engarrafado

Julho 2016

Estágio

Cuba inox isotérmica

Álcool (%)

9

Acidez Total (g/dm3)

5.3

Acidez Volátil (g/dm3)

0.24

SO2 Livre de Enchimento (mg/dm3)

36

SO2 Total (mg/dm3)

130

Massa Volúmica (g/cm3)

1.01

Produção

2400 garrafas

Alergénios

Sulfitos

Sugestão de acompanhamento

Como aperitivo. Pratos de inspiração asiática, tais como tempura e caril. Pratos vegetarianos. Sobremesas à base de frutos tropicais.

Garrafa

Caixa

34.6 15.6 × 6 cardboard

Palette

120 80 × 4 Fiadas 100 Caixas