Riesling DócilRiesling Dócil

Riesling é uma das grandes castas brancas do mundo. Desde 2003 que temos explorado esta casta no Douro, inspirados pela região de Mosel, onde a casta mostra todo o seu potencial, criando vinhos incrivelmente leves e precisos, com um perfeito equilíbrio açúcar/acidez. Riesling Au Au, tal como o cão, é um vinho fiel e com uma identidade muito divertida.

Vinificação

O ano de 2011 caracterizou-se por uma floração muito precoce e todo o ciclo vegetativo foi antecipado com a vindima a iniciar-se mais cedo do que nunca. No entanto, a maturação nas vinhas plantadas a maior altitude, foi mais lenta e, no final, todos os vinhos apresentavam boas quantidades de ácido málico, o que contribuiu muito para a frescura dos vinhos brancos.

Por ter uma maturação mais lenta, o Riesling é vindimado quase sempre no final da vindima. Após o transporte refrigerado e uma selecção criteriosa, as uvas foram submetidas a uma prensagem rápida, durante a noite, sem qualquer maceração, e a decantação a frio durou 24 horas. A fermentação decorreu lentamente em inox, a baixa temperatura, para preservar os aromas primários.

Notas de Prova

De cor amarelada com leve dourado, o Riesling 2011 apresenta um aroma intenso e persistente, com grande elegância e frescura. Na boca, a fruta é muito evidente, conjugando dois elementos essenciais, a acidez e a mineralidade, que equilibram a doçura da fruta e o açúcar residual. Apresenta um final longo e fresco.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Vinha de lavrador

Castas

Riesling

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Altura do Mar

750

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Inox

Estágio

Inox

Riesling é uma das grandes castas brancas do mundo. Desde 2003 que temos explorado esta casta no Douro, inspirados pela região de Mosel, onde a casta mostra todo o seu potencial, criando vinhos incrivelmente leves e precisos, com um perfeito equilíbrio açúcar/acidez. Riesling Au Au, tal como o cão, é um vinho fiel e com uma identidade muito divertida.

Vinificação

A vindima de 2013 começou no dia 19 de Agosto, mais cedo do que o habitual, de forma a manter os níveis altos de acidez e evitar graus alcoólicos elevados. O ano foi mais produtivo, cerca de 25% relativamente ao ano anterior. A decisão de começar a vindima mais cedo acabou por se revelar acertada, uma vez que as principais vinhas tinham sido já vindimadas antes de começar a chover intensamente a 27 de Setembro. Por ter uma maturação mais lenta, o Riesling é vindimado quase sempre no final da vindima. Após o transporte refrigerado e uma selecção criteriosa, as uvas foram submetidas a uma prensagem rápida, durante a noite, sem qualquer maceração, e a decantação a frio durou 24 horas. A fermentação decorreu lentamente em inox, a baixa temperatura, para preservar os aromas primários.

Notas de Prova

O Riesling Dócil 2013 apresenta um aroma intenso mas muito delicado. As notas de fruta branca e fruta tropical estão em perfeita harmonia com um perfil mineral. Na boca, a fruta é novamente evidente, mostrando-se em primeiro plano, com ligeiro perfil redutivo. A doçura e acidez são a chave para o equilíbrio neste vinho, onde o conjunto é muito expressivo mas em plena harmonia e elegância. O final de boca é longo e fresco. Excelente como aperitivo, mas, fantástico como reabilitador, depois de um grande jantar.

Informação Técnica

Produtor

Niepoort (Vinhos) S.A.

Região

Douro

Tipo de Solo

Xisto

Vinhas

Vinha de lavrador

Castas

Riesling

Densidade por HA

4500

Condução das Vinhas

Royat

Altura do Mar

4500

Período de Vindima

Final de Setembro

Forma de Vindima

Manual

Fermentação

Cuba inox isotérmica

Engarrafado

Julho 2014

Estágio

Cuba inox isotérmica

Álcool (%)

9